Guanhães: PCMG apreende grande quantidade de drogas e armas

Nesta quinta-feira (2), a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deflagrou a “Operação Hermes”, objetivando combater o tráfico de drogas, em Guanhães, na região Leste de Minas.

As investigações, que duraram aproximadamente três meses, apontaram que os suspeitos poderiam estar envolvidos em um esquema de vínculos e associação para o tráfico de drogas. Por meio de técnicas de investigação, a PCMG reuniu elementos informativos que foram base para a representação por mandados de busca e apreensão e de prisão, cumpridos nesta data.
Durante uma das buscas em cinco alvos distintos, a cadela Luna indicou a presença de substâncias entorpecentes em uma mochila escondida sob um monte de madeira. Ao verificar o conteúdo, foram encontradas 14 porções de cocaína, 3,5 barras de maconha, uma balança de precisão e grande quantidade de material para embalagem da droga. Além desse material, foram arrecadadas porções de materiais semelhantes a crack e cocaína, documentos, dinheiro, câmeras e aparelhos de televisão, que estariam sendo utilizados pelos suspeitos para monitorar a chegada das forças de segurança e de usuários de drogas.

Em razão disso, cinco pessoas, com idade entre 22 e 37 anos, foram presas em flagrante, e um mandado de prisão foi cumprido em desfavor de um homem, de 20 anos, que é apontado como um dos principais suspeitos de comandar o tráfico de entorpecentes no bairro Alvorada.

Segundo o Delegado responsável pelas investigações, Junio Silva, “o nome Operação Hermes faz referência a alguns dos suspeitos que utilizavam a caixa de correspondências para comercialização de entorpecentes”.

Participaram da ação 33 policiais civis das Delegacias de Polícia Civil em Guanhães, Virginópolis, Sabinópolis, Rio Vermelho, São João Evangelista, Peçanha e Santa Maria do Suaçuí. A ação contou com o apoio do Canil da PCMG, com dois cães farejadores.

FONTE:PCMG